segunda-feira, 2 de maio de 2011

"Sputnik meu amor" (Haruki Murakami): OPINIÃO (Desafio Literário Abril)

Só tenho 7 livros da Colecção Sábado e este "Sputnik meu amor" do autor Haruki Murakami foi o escolhido para o Desafio Literário 2011 - Abril: Livro da Colecção Sábado.

Já tinha lido outro livro do autor: "A Sul da fronteira, a Oeste do Sol" (opinião aqui) e tinha gostado por isso pensei: gostarei deste também.

Este livro do autor é romance e encontrei nele um triângulo amoroso pouco convencional: um jovem professor identificado pela inicial K. que está por apaixonado por Sumire e Sumire que se apaixona por uma mulher - Miu.

Envolvemo-nos nesta história através da voz de K. e dos seus relatos.

Temos K. que está apaixonado por Sumire. Temos Sumire que deseja ser escritora. Depois aparece Miu - uma mulher de meia-idade que vai empregar Sumire como sua secretária. Depois temos Sumire a apaixonar-se por Miu enquanto K. passa a ser o mero confidente de Sumire (posição ingrata ser confidente de alguém quando esse alguém é quem amamos).

Entretanto Sumire e Miu vão de férias para uma ilha grega e Sumire desaparece sem deixar rasto. E quem é que Miu chama para a ajudar? K. é claro.

Este livro é um romance mas não o classificaria como um romance como os que costumamos ler. Parece-me (isto porque é o 2º livro do autor que leio) que Haruki Murakami tem uma forma muito própria de escrever: a escrita é muito fluída mas simultaneamente muito filosófica...há passagens e acontecimentos neste livro que nos levam a reflectir.

Tal como a contracapa deste livro diz é um livro "que oferece uma profunda reflexão sobre a solidão, os sonhos e aspirações do indivíduo e a necessidade de os adaptar à realidade".

CLASSIFICAÇÃO: 4. Bom!

3 comentários:

Manuel Cardoso disse...

Adorei este livro como todos os de Murakami.
A solidão na grande cidade, a angustia do ser humano, como um satélite solitário em torno do mundo, o misticismo oriental e, acima de tudo, sempre um raio de luz, sempre uma visão positiva, sempre um sorriso :)

miGuel pesTana disse...

Murakami tem uma escrita muito própria realmente. Li este livro a bem pouco tempo e adorei. Estou desejoso de conhecer outros livros dele.

boas leituras

Diana Barbosa disse...

Miguel Pestana para mim este autor tem uma escrita poética. Dele também li "A sul da fronteira, a oeste do sol" e gostei muito.

E tenho mais 2 livros dele cá em casa por ler