segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

"Anúncio de um Crime" (Agatha Christie): OPINIÃO

No âmbito do "Desafio Literário 2011", o tema deste mês de Janeiro era "Clássico" e então tinha pensado ler "O Retrato de Dorian Gray" de Oscar Wilde e até já o tinha tirado da prateleira para começar a lê-lo no fim do dia.

Só que nesse dia fui de tarde à Festa do Livro na Fundação Dr. António Cupertino Miranda com a Estefânia do blogue "Uma Biblioteca Aberta" e ela fez-me uma surpresa e ofereceu-me "Anúncio de um Crime" de Agatha Christie e eu na brincadeira perguntei-lhe se este livro podia ser considerado um Clássico ao que ela respondeu: "é um clássico da literatura policial", pelo que se está mesmo a ver que coloquei de lado (por enquanto porque hei-de ler) o livro "O retrato de Dorian Gray" e decidi estrear-me com este livro na leitura de Agatha Christie.

Assim, decidi que "Anúncio de um crime" seria o meu Clássico de Janeiro e deitei mãos à obra. Fiquei imediatamente fascinada com a capa que acho lindaaaaaa (chamem-lhe manias de leitora mas para mim a capa tem de me conquistar) e depois comecei a ler o livro e fui logo conquistada pela autora: então anunciam uma morte num jornal indicando o local e a hora de um crime e não queriam que eu ficasse louca de curiosidade? lol

Está claro que me agarrei ao livro e fui-me embrenhando nesta história que nos leva para uma terrinha onde todos se conhecem (ou será que não se conhecem assim tão bem?) e onde todos são vizinhos e têm total à vontade para entrarem na casa de qualquer um a qualquer hora.

Depois temos a Senhora Letitia Blacklock, proprietária de Litle Paddocks onde se anunciou que aconteceria o crime.

E para juntar a isto temos um conjunto de vizinhos que leram este anúncio de um crime no jornal local e que, como seria de esperar, acharam que aquele anúncio indiciava que se ia realizar um jogo onde um faria de criminoso, outro de morto, outro de detective e os restantes de testemunhas, com o intuito final de se desvendar o crime.

Claro está que o crime acontece e acabamos por ver que afinal nada era um jogo e que um crime real aconteceu, tornando todos os vizinhos presentes naquele local, suspeitos de uma morte.

Assim, ao longo do livro, vamos conhecendo personagens fascinantes que guardam os seus mistérios e vamos acompanhando os passos de investigação dos detectives. Entretanto, surge uma personagem que acabará por ser fundamental na resolução do crime: a adoravél velhinha Miss Jane Marple que com a sua inteligência, astúcia e perspicácia acabará por ajudar a deslindar o crime.

Posso-vos dizer que fiquei surpreendida com a revelação do assassino: não contava nada lol.

Posso dizer que fiquei fã de Agatha Christie...aliás, passado pouco tempo voltei à Festa do Livro da Fundação com o intuito de comprar "Um Crime no Expresso do Oriente" eh eh. Acho as capas desta Edição Especial Comemorativa lindas e fiquei curiosa para ler mais livros da autora.

CLASSIFICAÇÃO: 6. Excelente!

NOTA: Continuem a participar no Passatempo "True Grit - Indomável" até as 23h59 de dia 30 Janeiro!

8 comentários:

miGuel pesTana disse...

ola.

Esse é o fascínio com que quem lê agatha christie pela primeira vez fica.

Já li muitos dela, e no que toca a policiais, ela é a minha escolha sempre.E nunca fico desiludido com os livros dela.Cada livro é tiro certeiro ;)

boas leituras

Diana Barbosa disse...

Agora vou ler "Um Crime no Expresso do Oriente" Miguel...espero gostar também :)

Jacqueline' disse...

Concordo com o Miguel. E quanto ao Crime no Expresso do Oriente, é para mim um dos melhores dela, pelo que tenho a certeza que vais adorar!

Diana Barbosa disse...

Quando acabar de ler este 2º livro da Agatha Christie cá vos direi no Refúgio dos Livros se adorei ou não Jacqueline :)

Catarina disse...

Este também foi o primeiro livro que li dela. Já tinha visto alguns dos filmes do Poirot e ouvido falar da Miss Marple, mas nunca tinha lido nada dela.

Diana Barbosa disse...

Gosto muito dos livros da autora Catarina :)

Catarina disse...

Também eu :)

Diana Barbosa disse...

Sabe sempre bem ler um livrinho da Agatha Christie para ir variando :)