domingo, 16 de janeiro de 2011

As minhas comprinhas de Janeiro 2011

Pois é, eu comecei este 2011 com muita vontade de comprar livrinhos e até me fui controlando mas quando a Verinha dos policiais (vejam o blogue dela aqui) me falou de uns certos livros com grandes descontos na Fnac e a Estefânia do blogue Uma Biblioteca Aberta me falou na Festa do Livro na Fundação Dr. António Cupertino de Miranda eu soube que dificilmente iria resistir e como é óbvio não me enganei para mal da minha carteira lol.

Por isso aqui ficam as minhas aquisições de Janeiro de 2011:

SINOPSE:

"Annika Bengtzon é uma jovem jornalista no início de carreira. Enquanto faz um estágio de Verão num dos principais jornais de Estocolmo surge a sua grande oportunidade: investigar o assassinato de uma jovem stripper, cujo corpo aparece num parque da cidade. Cabe a Annika e à sua colega Berit Hamrin descobrir quem está por trás deste crime. E, contrariamente às expectativas do editor, Annika consegue uma óptima reportagem pois descobre que um dos principais suspeitos do homicídio é um alto oficial do governo. Um excelente caso policial que aborda temas actuais como a prostituição, a investigação jornalística e escândalos governamentais, entre outros."

Comprei este livrinho por 8,90€ na Fnac (vejam
aqui)

SINOPSE:

"Algumas portas são demasiado perigosas para serem abertas! Apenas algumas semanas depois de quatro estudantes terem entrado na Fisher House, um deles comete suicídio e os outros três estão a ceder à loucura. Para salvar a sua irmã, um dos quatro estudantes, o ex-soldado Nick Mason, tem de unir forças com Paul Seaton – que visitou a casa uma década antes e sobreviveu. Mas Paul é um homem perturbado, assombrado por visões de um acontecimento que ainda hoje atormenta a sua sanidade."

Este livrinho custou-me 5€ na FNAC (vejam
aqui)

Na Fundação Dr. António Cupertino de Miranda comprei:

SINOPSE:

"Assim que soube do brutal homicídio do seu amigo e antigo colega, o ex-polícia Dennis Milne, que regressa depois do sucesso de Contas à Morte, decide que tem de vingar a sua morte e volta à sua cidade natal para fazer justiça. Das praias paradisíacas das Filipinas às principais ruas de Londres, uma caça pela justiça transforma-se numa batalha sangrenta pela sobrevivência. Quando Dennis Milne - agora a viver com uma falsa identidade nas Filipinas - descobre que Asif Malik, o seu amigo e antigo colega nas forças policiais, foi brutalmente assassinado num restaurante, decide regressar à sua cidade natal para iniciar uma verdadeira caçada ao responsável pela sua morte. Recebido por um clima frio e hostil, Milne chega a Londres e tropeça logo em informações que poderão ajudar a deslindar a terrível execução do seu amigo. Sedento de justiça e determinado a impor a sua própria visão de justiça, Milne tem consciência de que já não é um polícia e que, por isso, já não tem de se preocupar em seguir as linhas rectas da lei. Mas, apesar de os seus colegas não saberem que ele regressou, Milne não tardará a descobrir que há muitas outras pessoas que sabem e que farão tudo para o tirarem do caminho… "


SINOPSE:

"Aparentando ser um assassino profissional, Dennis Milne é na verdade um sargento detective da polícia de Londres, empenhado - após anos de experiência com crimes sórdidos - em fazer justiça à sua maneira. O código de ética pessoal de Milne fica comprometido quando se apercebe de que as suas últimas vítimas não eram os traficantes de droga cujas mortes não atormentariam a sua consciência, mas sim dois funcionários e o contabilista da Alfândega. A decisão que tomou ao poupar a vida de uma testemunha ocular colocou-o em risco tanto em relação aos seus colegas como em relação à pessoa que lhe pagou o serviço. Ao mesmo tempo, Milne tenta identificar o assassino de uma jovem prostituta, rejeitando por completo a teoria oficial do caso. Simon Kernick faz um trabalho fantástico ao criar um personagem que, apesar de ser um assassino, conquista a simpatia do leitor. O retrato da dura realidade das ruas da cidade é complementado pelas revelações das vidas secretas dos personagens que usam "máscaras" para manter uma imagem pública de respeito."

SINOPSE:

"Martin O'Brien faz uma estreia impressionante com este intrincado policial passado em Marselha, no Sul da França. O Inspector Daniel Jacquot enfrenta uma misteriosa série de homicídios – as vítimas, todas mulheres bonitas, são encontradas violadas e mergulhadas na água. O modus operandi do assassino leva a imprensa a baptizá-lo de “O Afogador”. O inspector Jacquot, uma antiga estrela de râguebi, é amante de boa comida, bom vinho e de blues, mas este charme descontraído esconde o seu olhar aguçado, atento ao pormenor."

Estes 3 livrinhos que referi custaram-me 3,50€ cada na Fundação.

Mas ainda comprei:

Este "Anúncio de um crime" foi a Estefânia que me ofereceu :). Já me tinha "dado na cabeça" por eu adorar policiais e nunca ler lido Agatha Christie! Já li o livro e gostei tanto que voltei à Fundação para comprar "Um crime no Expresso do Oriente" lol. Não acham as capas lindas???




























7 comentários:

Clube Dos Livros disse...

Também comprei o livros:
A Casa das almas perdidas;
O ladrão de arte;
A Caixa em Forma de Coração

;)

Diana Barbosa disse...

São só promoções tentadoras não é Paulo? "A casa das almas perdidas" prendeu-me com a sinopse. Esse "O ladrão de arte" não reparei na fnac lol

Clube Dos Livros disse...

eu foi logo pela sinopse, pensei "deixa comprar antes que seja tarde" xD

Diana Barbosa disse...

Foi como eu lol

Verovsky disse...

Só eu para te desencaminhar né...:P Que maravilha a época de saldos! Eu tb aproveitei à grande as promoções da fnac! especialmente os livros da colecção da Ed Presença do Fio da Navalha, adoro! :D

Jaquee Ribeiro disse...

Destes só li "Um crime no Expresso do Oriente" que deve ser o mesmo "Assassinato no Expresso do Oriente", espero que seja senão vai ser mais um para adicionar à lista de desejos que está imensa.

Diana Barbosa disse...

A Fnac é má para a carteira não é Verinha? lol :p lá nos desencaminhamos neste janeiro mas são prendas de natal atrasadas não é? lol

Jaquee é o mesmo livro...lá teve uma tradução de título diferente :)