sábado, 12 de fevereiro de 2011

"Um Crime no Expresso do Oriente" (Agatha Christie): OPINIÃO

Já terminei a leitura deste “Um crime no Expresso do Oriente” de Agatha Christie há umas semaninhas mas entretanto o tempo foi passando e não escrevi logo a minha crítica no blogue, mas isso não significa que não gostei do livro, pelo contrário, gostei muito mas nem sempre há a inspiração necessária para escrever uma boa crítica.

Neste 2º livro da autora fiquei a conhecer mais uma das personagens centrais dos seus livros: Poirot! E será precisamente esta personagem que descobrirá o mistério ocorrido no Expresso do Oriente.

A bordo do comboio do Expresso do Oriente acontece um crime…um homem é encontrado morto. E dado a um nevão, o comboio fica retido e será neste cenário que Poirot terá oportunidade de conhecer e interrogar todos os passageiros que estão no Expresso do Oriente. Graças ao nevão, Poirot sabe que ninguém saiu ou entrou no Expresso do Oriente por isso só os seus passageiros é que são suspeitos.

Aparentemente trata-se de um crime de fácil resolução mas aos poucos Poirot vai-se apercebendo que os passageiros do Expresso do Oriente têm algo a esconder.

À medida que fui lendo o livro fui tentando eu própria desvendar o crime e descobrir o assassino mas só no final todas as peças se começaram a encaixar lol. Ainda por cima “o morto é reconhecido como sendo o autor de um dos crimes mais hediondos do século” e, como tal, até parece que teve o final que merecia, o que ainda me despertou mais a curiosidade.

De leitura fácil e inúmeros diálogos a acontecer e muita acção, este é mais um livro de Agatha Christie que se lê a alta velocidade na expectativa de desvendar o mistério.

Parece que me tornei fã da autora porque entretanto já comprei “As dez figuras negras” para ler eh eh.

CLASSIFICAÇÃO: 6/7 – Excelente!

7 comentários:

miGuel pesTana disse...

As 10 figuras negras é muito bom.Vais gostar também.

bom fim de semana

Beijinho

Diana Barbosa disse...

Palpita-me que será uma das minhas próximas leituras Miguel!

Bom fds

Beijinho

Carlos Machado disse...

Agatha Christie, quanto a mim, é uma espécie de Enyd Blyton (livros dos 5) para mais velhos. Romances policiais que se concentram mais na história do que na qualidade da escrita e que se lêem com bastante agrado.
Devo ter lido quase todos os livros e destaco dois: "Morte no Nilo" e sobretudo "As dez figuras negras".
Vou escrever sobre "As dez figuras negras" no meu blogue, "pro(e)scrito", http://cbmachado.blogspot.com, porque acho que Agatha Christie, neste sim, passou ligeiramente ao ladode um óptimo romance policial.

Verovsky disse...

Eu também gostei das dez figuras negras mas da agatha há dois que me deixaram boquiaberta: Morte no Nilo e o Assassinato de Roger Arckroid :D esses são divinais! :D

Diana Barbosa disse...

Lá vens tu com as sugestões tentadoras Verinha ai ai ai que malandra :p

Hei-de investigar esses 2 lol

Jaquee Ribeiro disse...

A resolução dessa história me pareceu fantástica demais por isso não é o meu favorito. Não tive oportunidade de ler "As dez figuras negras" mas um livro dela que está na minha lista mais recente é "Os elefantes não esquecem". Já leu?

Diana Barbosa disse...

"Os elefantes não esquecem" não li. Ainda só li 2 livros da autora Jaquee