segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

"As velas ardem até ao fim" (Sándor Márai): OPINIÃO

Tal como tinha referido aqui no Refúgio dos Livros, assim que terminasse de ler "Derrocada" iria acabar a leitura d' "As velas ardem até ao fim" antes de passar para a próxima leitura e cumpri :D.

Terminei de ler "Derrocada" no sábado, dia 23 de Janeiro. E domingo depois de ter passeado de tarde sentei-me na cadeira do meu quarto, coloquei o livro sobre a minha secretária e dediquei-me ao livro "As velas ardem até ao fim". Dediquei-me de tal forma que eram 21h e poucos minutos que terminei de ler este livro.

Apesar de inicialmente o livro não me estar a prender como já tinha mencionado anteriormente, ontem consegui ler o livro com outro espírito....outros olhos. Como li "A ofensa" e "Derrocada" acho que fiquei com outra predisposição para ler "As velas ardem até ao fim" e passo a explicar por que penso isto. Estes 2 livros de Ricardo Menéndez Salmón têm uma escrita muito directa e dura, capaz até de me chocar e no livro "As velas ardem até ao fim" encontrei a história de uma amizade onde tive oportunidade de regressar a uma escrita mais suave e sensível, o que acabou por equilibrar a escrita do outro autor e dar-me mais ânimo para terminar o livro.

Após a leitura de 2 livros um pouco duros e com episódios e descrições cruéis foi bom encontrar um livro mais suave. As primeiras 100 páginas custaram-me um pouco a ler. Com isto não quero dizer que o livro não é bom mas não estava com o espírito adequado para apreciar a escrita de Sándor Márai. Assim, foi com surpresa que constatei que li as 60 últimas páginas deste livro com um espírito e uma abertura muito maior.

Terminada a leitura deste livro posso dizer que gostei e que provavelmente será um livro a reler para poder apreciar as primeiras 100 páginas como apreciei as 60 finais, até porque este livro retrata a história de uma amizade entre dois homens que apenas 41 anos separados se reencontram para esclarecer uma verdade/uma situação que tinha ficado sem resposta no passado.

CLASSIFICAÇÃO: 4. Bom

5 comentários:

Mariane disse...

Olá bom diaaa...

Participe da PROMOÇÃO "O Albatroz Azul", uma parceria dos blogs Compartilhando Leituras e Amante dos Livros e Afins. ACESSE JÁ compartilhandoleituras.blogspot.com e PARTICIPE DESSA PROMOÇÃO IMPERDÍVEL!

Uma ótima semana ;)

Kézia Lôbo disse...

Bom dia!!!
Achei interessante a sua opinião sobre o livro e fiquei muito interessada em lê-lo.
XD

Diana Barbosa disse...

Kézia eu gostei do livro. É um livro cuja escrita tem que ser devidamente apreciada.

Sofia disse...

É um livro para ler devagar e saborear as suas expressões que são pura poesia.
Não sei se já reparaste, mas o último livro da colecção da Sábado que está a decorrer é deste autor. Não conheço ainda essa obra, mas, à luz do tipo de escrita deste "As velas ardem até ao fim", vou de certeza adquirir!

Diana Barbosa disse...

Sofia,

Já me tinham dito que nesta nova colecção da Revista Sábado ia sair um livro de Sándor Márai mas ainda não sei se vou adquirir algum livro da colecção.