quarta-feira, 19 de maio de 2010

"Os homens que odeiam as mulheres": OPINIÃO

Comprei "Os homens que odeiam as mulheres" de Stieg Larsson na Feira do Livro do Porto do ano passado. Enquanto andava pelos pavilhões da Leya reparei neste livro e depois de ter visto a promoção deles "Leve 4, Pague 3", trouxe este livro e mais 3 comigo para casa lol.

Entretanto foram surgindo outros livros, outras compras, outras novidades e "Os homens que odeiam as mulheres" foi ficando na estante.

Agora com o aproximar da Feira do Livro do Porto deste ano decidi lê-lo para ver se gostava, para então comprar o resto da trilogia na Feira. Como já devem ter percebido gostei tanto que entretanto não consegui esperar pela Feira do Livro e já comprei o 2º volume da Trilogia Millennium aproveitando um desconto de 20% na Bertrand + um vale de 10€ para gastar lol.

Passando ao livro em si aqui fica a minha opinião:

Desde início que gostei do livro. As primeiras páginas são calmas e podem ser consideradas com pouca acção mas achei oportuna a escolha do autor porque é nesta primeira fase que ficamos a conhecer as personagens e o enquadramento geral do que se pretende da personagem principal Mikael Blomkvist.

Depois acabamos por conhecer Henrik Vanger que faz um pedido a Mikael: investigar e descobrir o que aconteceu à sobrinha-neta, Harriet Vanger que desapareceu misteriosamente à 40 anos. Já com uma idade avançada, Henrik deseja tentar só mais um vez descobrir o que aconteceu, até porque todos os anos, no seu dia de aniversário recebe uma flor emoldurada, prenda essa que costumava ser dada por Harriet. Aqui ficamos a pensar: será que é Harriet a enviar e está viva ou alguém envia por ela para baralhar Henrik?

Nesta investigação de Mikael depois vamos cruzar-nos com outra personagem, Lisbeth Salander, uma hacker extremamente inteligente e uma excelente investigadora, que vai ajudar Mikael nesta procura. Adorei esta personagem feminina: embora considerada interdita e problemática desde nova, é absolutamente genial e, apesar de considerada anti-social e fria, vai estabelecer uma relação bastante interessante com Mikael.

Neste livro conhecemos outras personagens fascinantes e ficamos envolvidos neste mistério e na família Vanger, página após página. Vamos conhecendo o clã Vanger e só posso dizer que nem todos são o que parecem.

É um livro muito bem escrito, com uma história bem desenvolvida e personagens inesquecíveis. Adorei!

CLASSIFICAÇÃO: 6. Excelente!

P.S. Agora já estou agarrada ao 2º volume da Trilogia Millennium: "A rapariga que sonhava com uma lata de gasolina e um fósforo" :D

5 comentários:

B. disse...

temos um selinho para ti!

bjinhs

Laelany disse...

Olá!

Pela tua opinião o livro parece ser mesmo bom. Vou acrescentar à lista das minhas futuras compras.

Boas leituras!!

Diana Barbosa disse...

Olá Laelany,

Eu gostei bastante do livro. Podes aproveitar a Feira do Livro e comprá-lo com 50% de desconto na Hora H na Leya ;-)

Patrícia disse...

Olá Diana,

Tenho selinhos para ti no meu Pedacinho Literário. x)

Em relação ao livro, gostei muito da tua opinião. Tenho os dois primeiros volumes cá em casa e já tentei ler este "Os Homens que Odeiam as Mulheres" uma vez mas não consegui avançar muito. Talvez fosse pelo estudo ou pela falta de tempo, não sei, mas fiquei com vontade de lhe dar outra oportunidade agora que li a tua opinião.

Beijinhos e boas leituras,
Patrícia

Diana Barbosa disse...

Obrigado pelo selinho Patrícia.

Acho que devias pegar no livro numa fase em que tenhas mais tempo porque é um livro mto bom ;-)

Beijinhos