sábado, 21 de janeiro de 2012

"As Rosas de Atacama" (Luís Sepúlveda): OPINIÃO!

Um dia, no campo de concentração de Bergen Belsen, na Alemanha, Luís Sepúlveda encontrou gravada numa pedra uma frase de autor anónimo que dizia:

«Eu estive aqui e ninguém contará a minha história.»

Foi esta frase que inspirou o autor a escrever "As Rosas de Atacama".

Neste livro embarcamos para um cojunto de pequenas histórias sobre várias pessoas. Embrenhamo-nos em cada história e ficamos a conhecer personagens que tiveram um papel importante na História e que mereciam ser recordadas.

Neste livro, Luís Sepúlveda dá-nos a conhecer histórias de pessoas excepcionais que cruzaram a sua vida e que tiveram um papel importante.

É também um livro que nos faz reflectir sobre a dignidade humana e a justiça.

Esta foi a minha última leitura de 2011 (o meu livro 66). Li este livrinho nos 3 últimos dias de 2011, em plena altura das Festas e, como tal, fiquei com a sensação que não lhe dei a devida atenção que ele merecia. É por isso um livro que embora comente aqui quero ler no futuro com mais atenção.

CLASSIFICAÇÃO: 4. Bom!





4 comentários:

Pedra do Sertão disse...

Fiquei muito curiosa para ler! Vou anotar para minhas leituras de 2012!

Abraço,

Araceli

www.pedradosertao.blogspot.com

Diana Barbosa disse...

Eu quero reler com mais atenção :)

Paula disse...

Também já li e adorei!

Diana Barbosa disse...

Eu sinto que tenho de reler o livro com mais atenção Paula :)