quarta-feira, 26 de setembro de 2012

"21.12" (Dustin Thomason): OPINIÃO!

Nunca tinha lido nada do autor Dustin Thomason e assim que espreitei a sinopse de "21.12" fiquei curiosa: pensei para mim mesma que uma história que conjugava um códice secreto e antigo e uma doença fulminante e fatal só poderia ser no mínimo interessante.

Embarcamos numa história que nos dá a conhecer por um lado o Dr. Stanton que se vê a braços com a árdua tarefa de descobrir a razão de uma doença que mata rapidamente e, por outro, Chel Manu - curadora de Antiguidades - que vê chegar até si um códice cheio de significado e valor histórico.

Tendo como cenários de fundo estas duas personagens e as situações com que se deparam, Dustin Thomason traz-nos um livro cheio de suspense quando nos coloca perante a profecia apocalíptica baseada no Calendário Maia de que o mundo vai acabar a 21 de Dezembro de 2012.

Assim, o autor Dustin Thomason leva o seu leitor por uma leitura em que se está a correr contra o tempo, sendo que, por um lado, é imperativo impedir a epidemia desta doença fulminante - variante de insónia fatal - e, por outro, é imprescindível descodificar o significado dos caracteres inscritos no códice numa tentativa esperançosa de que esta descodificação encerre a solução para se evitar o fim do mundo e da espécie humana tal como a conhecemos.

Com criatividade o autor Dustin Thomason consegue conjugar as histórias de Gabriel Stanton e Chel Manu levando o leitor por uma leitura onde a interpretação deste códice parece ser a resposta para todas as perguntas.

Dustin Thomason brinda-nos com um livro de acção deixando o leitor curioso para saber o desfecho final chegada a importante data de 21 de Dezembro de 2012.

Em suma, o autor Dustin Thomason consegue trazer-nos um livro marcado pelo suspense e mistério, ao mesmo tempo que nos dá a conhecer uma escrita interessante, onde o que sobressai é uma narrativa rica em conhecimentos sobre o domínio científico e a civilização Maia.

CLASSIFICAÇÃO: 4. Bom!


1 comentário:

Unknown disse...

Terminei de ler esse livro hj! Realmente é muito bom! Eu, pelo menos, adorei!!!